K’Rica Tuna

Logótipo da Tuna feminina da ESEnfCVPOA

A K’Rica Tuna, surgiu em meados do mês de Outubro de 2006, através da iniciativa e persistência de um grupo de corajosas futuras enfermeiras da Escola Superior de Enfermagem da Cruz Vermelha Portuguesa de Oliveira de Azeméis. Estas jovens uniram-se, pegaram nos seus instrumentos e partiram à conquista do mundo.

Além de um curso de Enfermagem (que anseiam concluir!), têm em comum amizade e um grande gosto pela música e Tradições Académicas.

A força de vontade e o espírito de sacrifício levou avante a formação da dita Tuna e após seis meses de intenso e árduo trabalho, surgiu pela primeira vez em público a 24 de Março de 2007, num Festival de Tunas em Póvoa de Lanhoso.

Actuação da "K'Rica Tuna" no Cine-Teatro Caracas, em Oliveira de Azeméis

Actuação no Cine-Teatro Caracas, em Oliveira de Azeméis

Contudo a K’Rica Tuna é para nós, uma actividade extra-curricular igual a tantas outras: há quem opte pelo desporto, nós preferimos a música… Se assim não fosse, com a elevada carga horária que temos, quer a nível de aulas e quer de trabalhos pós aulas, que recordações guardaríamos nós do tempo de estudantes? Assim havemos de recordar, também, as noites de copos e guitarradas que nos ajudaram a sobreviver aos anos do curso e que criaram laços de amizade que nos permitiram apoiar as nossas colegas “Tunantes” nos momentos mais difíceis.

Desde a sua formação a K’Rica Tuna tem sido convidada a participar em Encontros e Festivais de Tunas, a animar colóquios e os bares da nossa freguesia, exposições, conferências, feiras e festas. Sempre a representar a ESEnfCVPOA e o bom Espírito Académico Oliveirense, tendo já ganho os prémios de Melhor Porta Estandarte e de Melhor Tuna.

Acima de tudo, ser uma K’Rica menina, representa o entusiasmo pela vida académica, o prazer pela música que nos acompanha noite dentro, as jantaradas e o convívio, o respeito pela praxe e tradições académicas, o orgulho pelo “amarelo e branco” e os infindáveis brindes à amizade.

E quando um dia tivermos que partir, levaremos a alma plena de momentos únicos.

É Rica, É Tuna… É K’Rica Tuna!