Enfermagem do Trabalho

PÓS-GRADUAÇÃO

.

O curso funciona em metodologia B-Learning (combina formação à distância com formação presencial).

.

enf_trabalhoNo contexto atual das políticas de saúde emanadas pelas diretivas da OMS, onde se discutem as competências dos enfermeiros nas mais variadas áreas, torna-se imperativo projetar a Enfermagem do Trabalho, no âmbito dos programas de Saúde Ocupacional.

A relevância da atividade focada na Enfermagem do Trabalho privilegia a promoção e manutenção de uma boa saúde, a prevenção da doença e de acidentes no trabalho, a educação para a saúde na gestão de caso e segurança, com o propósito de promover um ambiente de trabalho saudável e seguro. Esta ênfase deve expandir-se à supervisão clínica, à gestão e à investigação.

O Curso de Pós-Graduação em Enfermagem do Trabalho destina-se a dar cumprimento à lei n.º 3/2014 de 28 de janeiro, que procede à segunda alteração ao regime jurídico da promoção da segurança e saúde no trabalho, aprovado pela Lei n.º 102/2009 de 10 de Setembro, que estabelece o regime jurídico da promoção da saúde e segurança do trabalho, bem como a orientação n.º 009/2014 da Direção Geral de Saúde, que permite o reconhecimento da habilitação e a autorização transitória para o exercício de Enfermagem do Trabalho.

Com o desenvolvimento deste curso pretendemos contribuir para o desenvolvimento sustentável, aumento da competitividade, melhoria da produtividade das organizações e empresas, segurança dos postos de trabalho e consolidação de uma cultura de prevenção de riscos profissionais, convergindo para a redução dos custos com os cuidados de saúde.

De acordo com a Federação dos Enfermeiros do Trabalho da União Europeia (FOHNEU, 1995), pretende-se harmonizar e reforçar a formação dos enfermeiros para que os mesmos possam desenvolver competências no âmbito da saúde ocupacional.

.

Nota: Orientação 009/2014 da Direção Geral da Saúde – Autorização para o Exercício de Enfermagem do Trabalho, 30.06.2014

 


Registo do curso na Direção-Geral de Saúde (DGS)

Número de registo: 07/2015.

Informação publicada na “Lista de Registo de Pós-Graduação em Enfermagem do Trabalho” que consta no microsite da Saúde Ocupacional (www.dgs.pt/saude-ocupacional.aspx)”.


.

Ano Letivo 2017/2018

3ª Edição

CANDIDATURAS, 3ª Fase:  a decorrer!

.

Edital, 3ª Fase a divulgar

Edital, 2ª Fase 

Edital, 1ª Fase

Ficha Técnica em revisão

Requerimento de Candidatura

Critérios de Seriação 

Resultados da Seriação, 2ª Fase

Resultados da Seriação, 1ª Fase

Plano de Estudos, 30 ECTS

.

Importante: O requerimento e os respetivos documentos de candidatura devem ser entregues nos Serviços Académicos, enviados por e-mail (ingresso@esenfcvpoa.eu) ou por correio postal, dentro dos prazos estipulados no edital, juntando o comprovativo do pagamento da taxa de candidatura.

A referida taxa deve ser paga para o seguinte IBAN: PT50 0045 3090 40194248107 07,  da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo.

Seguidamente, iremos proceder à análise dos seus dados.

Consulte os Termos e Condições das Candidaturas Online da ESEnfCVPOA.

.

Matrículas


A matrícula dos candidatos colocados na 1ª Fase é adiada para a mesma data dos candidatos colocados nas fases seguintes, ficando condicionada à existência de um número mínimo de estudantes que viabilize a abertura curso.

A  matrícula/inscrição realiza-se mediante a entrega da seguinte documentação:

  • Duas fotografias
  • Fotocópia do Boletim de Vacinas atualizado

Emolumentos aplicáveis.

.

Emolumentos


Taxa de Candidatura: 40€

Taxa de Inscrição/Matrícula anual (inclui seguro escolar): 100€

Propina anual do curso: 1.470€

O pagamento pode ser feito na totalidade no ato da inscrição/matrícula ou em 6 mensalidades.

Não dispensa a consulta do Regulamento para Pagamento de Emolumentos, Taxas e Propinas, nesta página.

.

Condições Especiais


> Isenção da taxa de candidatura, 40% de desconto na matrícula:

  • Antigos Estudantes;
  • Familiares que ingressem no mesmo ano letivo;
  • Familiares de antigos estudantes;
  • Enfermeiros que tenham colaborado com a ESEnfCVPOA no acompanhamento de estudantes em Ensinos Clínicos/Estágios;
  • Voluntários da Cruz Vermelha Portuguesa.

> 10% de desconto no valor total da propina, quando paga na sua totalidade, no ato da matrícula.

> 5% de desconto, no valor total da propina, quando paga em duas prestações.

.

Unidades Curriculares Isoladas


No âmbito dos artigos 46º e 46º-A do Decreto-Lei n.º74/2006, de 24 de março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de junho, pelo Decreto-Lei n.º 230/2009, de 14 de setembro, pelo Decreto-Lei n.º 115/2013, de 7 de agosto e Decreto-Lei n.º 63/2016, de 13 de setembro, é permitida a inscrição e frequência em unidades curriculares isoladas em regime de avaliação. Uma vez aprovados nestas unidades curriculares, podem requerer a creditação, nos termos do artigo 45º a 45º-B da mesma legislação, para o caso de virem a ingressar no ciclo de estudos do ensino superior em causa.

.

Informações


ESEnfCVPOA
Rua da Cruz Vermelha, Cidacos, Apartado 1002
3720-126 Oliveira de Azeméis
Telefone: 256 661 430
Fax: 256 661 439
E-mail: ingresso@esenfcvpoa.eu

Ultima atualização: 2017-07-26