Enfermagem do Trabalho

PÓS-GRADUAÇÃO

.

O curso funciona em metodologia B-Learning (combina formação à distância com formação presencial).

.

enf_trabalhoNo contexto atual das políticas de saúde emanadas pelas diretivas da OMS, onde se discutem as competências dos enfermeiros nas mais variadas áreas, torna-se imperativo projetar a Enfermagem do Trabalho, no âmbito dos programas de Saúde Ocupacional.

A relevância da atividade focada na Enfermagem do Trabalho privilegia a promoção e manutenção de uma boa saúde, a prevenção da doença e de acidentes no trabalho, a educação para a saúde na gestão de caso e segurança, com o propósito de promover um ambiente de trabalho saudável e seguro. Esta ênfase deve expandir-se à supervisão clínica, à gestão e à investigação.

O Curso de Pós-Graduação em Enfermagem do Trabalho destina-se a dar cumprimento à lei n.º 3/2014 de 28 de janeiro, que procede à segunda alteração ao regime jurídico da promoção da segurança e saúde no trabalho, aprovado pela Lei n.º 102/2009 de 10 de Setembro, que estabelece o regime jurídico da promoção da saúde e segurança do trabalho, bem como a orientação n.º 009/2014 da Direção Geral de Saúde, que permite o reconhecimento da habilitação e a autorização transitória para o exercício de Enfermagem do Trabalho.

Com o desenvolvimento deste curso pretendemos contribuir para o desenvolvimento sustentável, aumento da competitividade, melhoria da produtividade das organizações e empresas, segurança dos postos de trabalho e consolidação de uma cultura de prevenção de riscos profissionais, convergindo para a redução dos custos com os cuidados de saúde.

De acordo com a Federação dos Enfermeiros do Trabalho da União Europeia (FOHNEU, 1995), pretende-se harmonizar e reforçar a formação dos enfermeiros para que os mesmos possam desenvolver competências no âmbito da saúde ocupacional.

.

Nota: Orientação 009/2014 da Direção Geral da Saúde – Autorização para o Exercício de Enfermagem do Trabalho, 30.06.2014

 


Registo do curso na Direção-Geral de Saúde (DGS)

Número de registo: 07/2015.

Informação publicada na “Lista de Registo de Pós-Graduação em Enfermagem do Trabalho” que consta no microsite da Saúde Ocupacional (www.dgs.pt/saude-ocupacional.aspx)”.


.

Ano Letivo 2017/2018

3ª Edição

CANDIDATURAS, 2ª Fase:  de 13 de junho a 19 de julho de 2017!

.

Edital, 2ª Fase 

Edital, 1ª Fase

Ficha Técnica em revisão

Requerimento de Candidatura

Critérios de Seriação 

Resultados da Seriação, 1ª Fase

Plano de Estudos, 30 ECTS

.

Importante: O requerimento e os respetivos documentos de candidatura devem ser entregues nos Serviços Académicos, enviados por e-mail (ingresso@esenfcvpoa.eu) ou por correio postal, dentro dos prazos estipulados no edital, juntando o comprovativo do pagamento da taxa de candidatura.

A referida taxa deve ser paga para o seguinte IBAN: PT50 0045 3090 40194248107 07,  da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo.

Seguidamente, iremos proceder à análise dos seus dados.

Consulte os Termos e Condições das Candidaturas Online da ESEnfCVPOA.

.

Matrículas


A matrícula dos candidatos colocados na 1ª Fase é adiada para a mesma data dos candidatos colocados nas fases seguintes, ficando condicionada à existência de um número mínimo de estudantes que viabilize a abertura curso.

A  matrícula/inscrição realiza-se mediante a entrega da seguinte documentação:

  • Duas fotografias
  • Fotocópia do Boletim de Vacinas atualizado

Emolumentos aplicáveis.

.

Emolumentos


Taxa de Candidatura: 40€

Taxa de Inscrição/Matrícula anual (inclui seguro escolar): 100€

Propina anual do curso: 1.470€

O pagamento pode ser feito na totalidade no ato da inscrição/matrícula ou em 6 mensalidades.

Não dispensa a consulta do Regulamento para Pagamento de Emolumentos, Taxas e Propinas, nesta página.

.

Condições Especiais


> Isenção da taxa de candidatura, 40% de desconto na matrícula:

  • Antigos Estudantes;
  • Familiares que ingressem no mesmo ano letivo;
  • Familiares de antigos estudantes;
  • Enfermeiros que tenham colaborado com a ESEnfCVPOA no acompanhamento de estudantes em Ensinos Clínicos/Estágios;
  • Voluntários da Cruz Vermelha Portuguesa.

> 10% de desconto no valor total da propina, quando paga na sua totalidade, no ato da matrícula.

> 5% de desconto, no valor total da propina, quando paga em duas prestações.

.

Unidades Curriculares Isoladas


No âmbito dos artigos 46º e 46º-A do Decreto-Lei n.º74/2006, de 24 de março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de junho, pelo Decreto-Lei n.º 230/2009, de 14 de setembro, pelo Decreto-Lei n.º 115/2013, de 7 de agosto e Decreto-Lei n.º 63/2016, de 13 de setembro, é permitida a inscrição e frequência em unidades curriculares isoladas em regime de avaliação. Uma vez aprovados nestas unidades curriculares, podem requerer a creditação, nos termos do artigo 45º a 45º-B da mesma legislação, para o caso de virem a ingressar no ciclo de estudos do ensino superior em causa.

.

Informações


ESEnfCVPOA
Rua da Cruz Vermelha, Cidacos, Apartado 1002
3720-126 Oliveira de Azeméis
Telefone: 256 661 430
Fax: 256 661 439
E-mail: ingresso@esenfcvpoa.eu

Ultima atualização: 2017-06-19